You are here: Home Links úteis Acessibilidade e Inclusão Livros
Document Actions

Livros

Up one level

Livros disponíveis na web. Acervo em construção.

O QUE AS EMPRESAS PODEM FAZER PELAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
GIL, M. (Org.) O que as empresas podem fazer pela inclusão das pessoas com deficiência. São Paulo : Instituto Ethos, 2002.
TERMINOLOGIA SOBRE DEFICIÊNCIA NA ERA DA INCLUSÃO
SASSAKI, Romeu Kazumi. Terminologia sobre deficiência na era da inclusão. In: VIVARTA, Veet (Org.). Mídia e Deficiência. Brasília: Agência de Notícias dos Direitos da Infância /Fundação Banco do Brasil, 2003, p. 160-165.
INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E INCLUSÃO SOCIAL
OLIVEIRA, Ana Irene Alves; SILVA, Rafael Luiz Morais; ZAPAROLI, Danielle Alves (Orgs.) Inovação tecnológica e inclusão social. Belém: EDUEPA, 2011.
A QUANTAS ANDA A INCLUSÃO?
OLIVEIRA, Ana Irene Alves et al (Orgs.). A quantas anda a inclusão? Belém: EDUEPA, 2011.
CAMINHOS DA INCLUSÃO
OLIVEIRA, Ana Irene Alves et al (Orgs.). Caminhos da inclusão. Belém : EDUEPA, 2011.
AUDIODESCRIÇÃO: Transformando Imagens em Palavras
MOTTA, L.M.V. e ROMEU FILHO, P. (orgs): Audiodescrição: Transformando Imagens em Palavras. Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, 2010.
VIVER SEM LIMITE: PLANO NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA
BRASIL. Ministério da Justiça. Secretaria de Direitos Humanos. Viver sem Limite: Plano nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Brasília: MJ, 2011. Disponível em: http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/app/sites/default/files/arquivos/%5Bfield_generico_imagens-filefield-description%5D_0.pdf Acesso em: 3 set. 2012
ACESSIBILIDADE. MANUAL DE INSTRUÇÕES TÉCNICAS DE ACESSIBILIDADE PARA APOIO AO PROJETO ARQUITETÔNICO - PRINCÍPIOS BÁSICOS. DIRETRIZES
São Paulo. (Cidade) Prefeitura Municipal. Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida ACESSIBILIDADE. Manual de instruções técnicas de acessibilidade para apoio ao projeto arquitetônico - Princípios básicos. Diretrizes. Check list, São Paulo: | SMPED, s.d.. Disponível em: http://ww2.prefeitura.sp.gov.br/arquivos/secretarias/deficiencia_mobilidade_reduzida/programas/acessibilidade_arquitetonica/smped_manual_2008.pdf Acesso em: 26 set. 2012
CELEBRANDO A DIVERSIDADE. PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E DIREITO À INCLUSÃO
LICHT, Flavia Boni ; SILVEIRA, Núbia. (Orgs.) Celebrando a diversidade. Pessoas com Deficiência e Direito à Inclusão . São Paulo: Planeta Educação, 2010. Disponível em: http://www.planetaeducacao.com.br/portal/Celebrando-Diversidade.pdf Acesso em: 28 set. 2012
ACESSO, PERMANÊNCIA, APRENDIZAGEM E CONCLUSÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA NA IDADE CERTA – Direito de todas e de cada uma das crianças e dos adolescentes
Acesso, permanência, aprendizagem e conclusão da Educação Básica na idade certa – Direito de todas e de cada uma das crianças e dos adolescentes /Fundo das Nações Unidas para a Infância. - Brasília: UNICEF, 2012 Disponível em: http://www.unicef.org/brazil/pt/br_oosc_ago12.pdf Acesso em: 5 out. 2012
COMPARTIR LA ESCUELA: um derecho para crecer, um deber para compartir
COMPARTIR LA ESCUELA: um derecho para crecer, um deber para compartir. America Latina y El Caribe. Panama: UNICEF, 2012 Disponível em: https://skydrive.live.com/?cid=cfd848de3d0ae47e&id=CFD848DE3D0AE47E%21313 Acesso em: 5 out. 2012
CELEBRANDO A DIVERSIDADE. PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E DIREITO À INCLUSÃO
LICHT, Flavia Boni ; SILVEIRA, Núbia. (Orgs.) Celebrando a diversidade. Pessoas com Deficiência e Direito à Inclusão . São Paulo: Planeta Educação, 2010. Disponível em: http://www.planetaeducacao.com.br/portal/Celebrando-Diversidade.pdf Acesso em: 28 set. 2012
BIBLIOTECAS ACCESIBLES PARA TODOS: pautas para acercar las bibliotecas a las personas con discapacidad y a las personas mayores
ESPANHA. Ministerio de Sanidad, Política Social e Igualdad. Secretaría General de Política Social y Consumo. . Instituto de Mayores y Servicios Sociales (IMSERSO). Bibliotecas accesibles para todos: Pautas para acercar las bibliotecas a las personas con discapacidad y a las personas mayores. 2. ed. Madri, 2011.
TODOS NÓS– UNICAMP ACESSÍVEL: resultados da primeira oficina participativa do Projeto "Acesso, permanência e prosseguimento da escolaridade em nível superior de pessoas com deficiência: ambientes inclusivos" (PROESP/CAPES)
MANTOAN, M.T.E.; BARANAUSKAS, M.C.C. (Org.) Todos Nós – UNICAMP ACESSÍVEL: resultados da primeira oficina participativa do Projeto PROESP/CAPES. Campinas: Biblioteca Central Cesar Lattes/Unicamp, 2005.
Ação Inclusiva: PROESP/CAPES: LABORATÓRIO DE ACESSIBILIDADE - BIBLIOTECA CENTRAL CESAR LATTES - UNICAMP
LABORATÓRIO DE ACESSIBILIDADE da Biblioteca Central Cesar Lattes da Unicamp recebe prêmio "Menção Honrosa 2012". Categoria: Ação Governamental. São Paulo: SMPD, 2012. p. 21-22
GUIA DE ACESSIBILIDADE CULTURAL SÃO PAULO
Este é o site do "Guia de Acessibilidade Cultural da Cidade de São Paulo", um projeto do Instituto Mara Gabrilli, que disponibiliza informações sobre a acessibilidade dos equipamentos culturais para ampliar o acesso e inclusão de pessoas com deficiência aos espaços, linguagens artísticas, conhecimento e práticas culturais. Foram avaliados 315 equipamentos por três equipes especializadas em acessibilidade. A análise ponderou aspectos arquitetônicos, de conteúdo, de informação, as tecnologias e a disponibilização de profissionais capacitados para algumas funções primordiais como intérpretes de libras, guia-intérpretes para surdocegos e mediação para pessoas com deficiência intelectual. Os equipamentos que não ofereciam nenhum recurso de acessibilidade ou estavam em reforma durante o período de avaliação (caso do Theatro Municipal de São Paulo) não entraram no guia. O critério para seleção dos equipamentos que receberam destaque no Guia foi construído com base no equilíbrio e ponderação entre a oferta de acessibilidade física dos espaços, do acesso à informações, da mediação para o público com deficiência e das propostas inclusivas desenvolvidas pelo local. Cada item avaliado pelos pesquisadores recebeu uma pontuação de acordo com o nível de acessibilidade oferecido. Os equipamentos mais acessíveis, os de maior nota, ganharam mais espaço para destacar os recursos oferecidos. Essa classificação foi escolhida para dar reconhecimento aos locais que já priorizam o acesso a essa parcela de paulistanos que tem direito de ir e vir, de assistir a um filme, compreender uma peça de teatro ou ainda ter contato com o patrimônio cultural da cidade. Esses são direitos assegurados por lei a mais de 1,5 milhão de paulistanos com deficiência. Mais do que um guia de equipamentos culturais acessíveis na cidade de São Paulo, este projeto é uma mostra de respeito e amor aos cidadãos da nossa cidade. Boa pesquisa e bom divertimento.
SABERES DOCENTES PARA A INCLUSÃO DO ALUNO COM DEFICIÊNCIA VISUAL EM AULAS DE FÍSICA.
CAMARGO, Eder Pires. Saberes docentes para a inclusão do aluno com deficiência visual em aulas de Física. São Paulo: Editora UNESP, 2012.
GUIA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
Reunimos neste guia uma série de informações úteis e interessantes às pessoas com deficiência e aos seus familiares. Quais são os direitos das pessoas com deficiência? Quais os benefícios sociais oferecidos a elas e como obtê-los? Quais as instituições e entidades que oferecem apoio, orientação e reabilitação no Estado de São Paulo? Como e onde aprender Libras (Língua Brasileira de Sinais)? Onde encontrar bibliotecas com acervo em braille?
CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DE ACERVOS
TEIXEIRA, Lia Canola; GHIZONI, Vanilde Rohling. Conservação preventiva de acervos. Florianópolis: FCC, 2012. Disponível em: http://www.fcc.sc.gov.br/patrimoniocultural/arquivosSGC/DOWN_151904Conservacao_Preventiva_1.pdf
II SEMINÁRIO CORPOS, GÊNEROS, SEXUALIDADES E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA EDUCAÇÃO
SILVA, Fabiane Ferreira; FREITAS, Diana Paula Salomão (Orgs.). SEMINÁRIO CORPOS, GÊNEROS, SEXUALIDADES E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA EDUCAÇÃO, 2., 2012, Uruguaiana, Anais... Uruguaiana: UNIPAMPA, 2012.
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO TRABALHO - CRIANDO VALORES PELA INCLUSÃO
A cartilha "Pessoas com deficiência no trabalho - criando valor pela inclusão" é fruto de parceria entre a Assessoria Internacional do Governo do Estado de São Paulo, a empresa PwC e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo. Disponível em: http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/usr/share/documents/Pessoas_com_deficiencia_no_trabalho_DIGITAL.pdf Acesso em: 24 set. 2013
GUIA BÁSICO DE ORIENTAÇÕES SOBRE GÊNERO, DEFICIÊNCIA E ACESSIBILIDADE
MELLO, A.G.; FERNANDES, F.B.M. Guia básico de orientações sobre gênero, deficiência e acessibilidade no Seminário Internacional Fazendo Gênero, 10 (desafios atuais dos feminismos). Florianópolis, 2013, 34 p. Cartilha da Comissão de Acessibilidade do Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Disponível em: http://generoeciencias.paginas.ufsc.br/files/2013/09/cartilha-on-line-final.pdf
Acessibilidade - Legislação Federal
BRASIL. Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência. Acessibilidade – Brasília : Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2008.
A cidade para todos : o direito à acessibilidade das pessoas com defciência
A cidade para todos : o direito à acessibilidade das pessoas com deficiência / Gardênia Lúcia Val de Melo, Marlúcia Gomes Evaristo Almeida, Mauro Eduardo e Silva. – Teresina : SEID, 2009.
PROJETO BIBLIA EM BRAILLE
Objetivos do projeto. Colocar nas mãos de cada pessoa com deficiência visual, um exemplar da Bíblia Sagrada em Braille, que substituirá os atuais 33 volumes com aproximadamente 40kg, por um equipamento inovador com menos de 500 gramas, que visa a Inclusão Social de milhares de pessoas. Para se ter noção da abrangência do Projeto Bíblia em Linha Braille, basta lembrar que o acesso a um equipamento desses é para poucos, pois o preço de uma Linha Braille simples não sai por menos de 2500 euros, inconcebível para quase todas as pessoas com deficiência visual. O Projeto da Bíblia em Linha Braille, tem como objetivo um equipamento simples e de baixo custo, contendo todo o texto da Bíblia Sagrada, com preço final acessível a todos, visando alcançar uma população em torno de 1,7 milhão de pessoas só no Brasil. Além do Texto da Bíblia, o equipamento tem capacidade de armazenar uma quantidade muito grande de livros, passando a ser uma ferramenta para todas as horas e incorporada à rotina diária das pessoas com deficiência visual.
BIBLIA ON LINE
Bíblia On line dispõe o Velho Testamento e Novo Testamento, divididos em seus temas. A busca permite acessar os capítulos de cada tema.
CARTILHA - ACESSIBILIDADE NA WEB (W3C Brasil)
Cartilha - Acessibilidade na Web: introdução (fascículo 1). s.l. W3C Brasil; NIC Br; CGI Br. Disponível em: http://pt.slideshare.net/danielbatistagalvao/cartilha-w3c-acessibilidade-web-desenvolvimento-web Acesso em: 8 jan. 2014.
EDUCAÇÃO INFANTIL:SABERES E PRÁTICAS DA INCLUSÃO: DIFICULDADES DE COMUNICAÇÃO E SINALIZAÇÃO - DEFICIÊNCIA FÍSICA
Educação infantil : saberes e práticas da inclusão : dificuldades de comunicação e sinalização: deficiência física. 4. ed. elaboração profª Ana Maria de Godói – Associação de Assistência à Criança Deficiente – AACD... [et al.]. – Brasília : MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/deficienciafisica.pdf Acesso em: 13 fev. 2014
MÍDIA E DEFICIÊNCIA
VIVARTA, Veet (Org). Mídia e deficiência.Brasília: Andi ; Fundação Banco do Brasil, 2003. (Série Diversidade)
PRÊMIO AÇÕES INCLUSIVAS 2012 - LABORATÓRIO DE ACESSIBILIDADE/BCCL/UNICAMP: MENÇÃO HONROSA
SÃO PAULO (Estado). Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Prêmio Ações Inclusivas para Pessoas com Deficiência. PROESP/CAPES: Laboratório de Acessibilidade da Biblioteca Central Cesar Lattes da UNICAMP. (Prêmio Menção Honrosa). São Paulo: SDPD, 2012. p. 20-21. Disponível em: http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/usr/share/documents/LIVROPREMIOACOES2012.pdf Acesso em: 17 fev. 2014.
O valor que os colaboradores com síndrome de Down podem agregar às organizações
ASSIS, Vicente; FRANK, Marcus; BCHECHE, Guilherme; KUBOIAMA, Bruno (Org.) O valor que os colaboradores com síndrome de Down podem agregar às organizações. S.L. McKinsey & Company, 2014.
SOLUÇÕES ACESSÍVEIS: EXPERIÊNCIAS INCLUSIVAS NA IFRS
SONZA, Andréa Poletto; SALTON, Bruna Poletto; STRAPAZZON, Jair Adriano (Org.) Soluções Acessíveis: experiências inclusivas no IFRS. Bento Gonçalves, 2014. Disponível em: http://acessibilidade.bento.ifrs.edu.br/arquivos/pdf/noticia/noticia-32-pdf-01.pdf Acesso em: 12 maio 2014.
SOLUÇÕES ACESSÍVEIS: EXPERIÊNCIAS INCLUSIVAS NA IFRS
SONZA, Andréa Poletto; SALTON, Bruna Poletto; STRAPAZZON, Jair Adriano (Org.) Soluções Acessíveis: experiências inclusivas no IFRS. Bento Gonçalves, 2014. Disponível em: http://acessibilidade.bento.ifrs.edu.br/arquivos/pdf/noticia/noticia-32-pdf-01.pdf Acesso em: 12 maio 2014.

Powered by Plone CMS, the Open Source Content Management System

This site conforms to the following standards: